Sequestram sacerdote depois de celebrar a Missa de Páscoa

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Um sacerdote foi sequestrado por um grupo de desconhecidos no domingo, 1º de abril, depois de celebrar a Missade Páscoa na República Democrática do Congo.

Através de um comunicado, a ONG ‘Centre d’étude pour la promotion de la paix, la démocratie et les droits de l’homme’ (CEPADHO) informou que Pe. Célestin Ngango foi sequestrado perto de sua paróquia na cidade de Karambi, na província de Kivu do Norte, quando se dirigia para a aldeia de Nyarukwangara.

Indicaram que, “enquanto estava voltando a Karambi, seu veículo foi interceptado pelos delinquentes, obrigaram-no a descer e segui-los”.

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

A ONG denunciou que “se trata de um ato criminoso contra um artesão da paz” e que aumentaram os sequestros na região.

A Rádio Okapi, um meio local, assinalou que os sequestradores pediram 50 mil dólares pelo resgate de Pe. Ngango e que as autoridades estão investigando o caso.

Também recordaram que no ano de 2016, dois sacerdotes e um diácono foram sequestrados no país por desconhecidos que pediram dinheiro por seu resgate.

Por sua parte, a agência AFP assinalou que em janeiro deste ano, outro presbítero foi sequestrado em Kivu do Norte e libertado 48 horas depois.

Fonte: ACI Digital

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.