É pecado contar piadas?

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Para grande surpresa de muitos, contar piadas em sua essência não constitui um pecado, pelo contrário Santo Tomás de Aquino, diz que contar piadas faz parte de uma virtude humana (eutrapelia). No entanto, ao contar piadas, deve-se ter em mente um TRÍPLICE CUIDADO, nos exorta o Doutor Angélico:

Primeiro e principalmente, não devemos nos comprazer em quaisquer atos ou palavras torpes ou nocivas.

Ou seja, não se devem utilizar palavras maliciosas, indecentes, sobretudo a respeito de matéria sexual, que denigram a imagem do outro.

Segunda cautela a tomar é que a gravidade da alma não desapareça de todo. Por isso, diz Ambrósio: Acautelemo–nos, ao querer dar descanso à alma, para não destruirmos totalmente a harmonia, que é um como concento das boas obras.

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Podemos nos alegrar e nos divertir santamente, a eutrapelia deve fazer parte da nossa vida, e não como algo separado.

Em terceiro lugar, devemos atender a que, como em todos os demais atos humanos, convenham os divertimentos à pessoa, ao tempo e ao lugar e se ordenem segundo as demais circunstâncias devidas: isto é, sejam dignos do tempo e do homem, como ensina Túlio no mesmo passo.

É necessário avaliar a circunstância, a pessoa envolvida, o tempo, o lugar, e assim, discernir o que convêm ou não. Vejamos, pois, é lícito e bom que o católico se alegre, brinque, sorria e que assim demonstre aos irmãos a alegria de viver em CRISTO sob a luz do Espírito Santo.

Referências

  1. Suma Teológica, Santo Tomás de Aquino
  2. https://padrepauloricardo.org/episodios/contar-piadas-e-pecado

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.