Papa Francisco clama contra os últimos bombardeios na Síria e pede uma solução imediata

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

A Praça de São Pedro, no Vaticano, acolheu na manhã de hoje a Santa Missa na Festa Divina Misericórdia, na qual o Papa Francisco fez um novo apelo para acabar imediatamente os bombardeios na Síria.

Depois de rezar o Regina Coeli, Francisco afirmou que “chegam da Síria notícias terríveis, de bombardeamentos com dezenas de vítimas, muitas das quais mulheres e crianças. Notícias de muitas pessoas atingidas por substâncias químicas contidas nas bombas”.

“Rezemos por todos os defuntos e pelos feridos, pelas famílias que sofrem”, pediu.

O Papa assegurou que “não há guerra boa e guerra má. Nada, nada pode justificar o uso de tais instrumentos de extermínio contra pessoas e populações indefesas”.

“Rezemos para que os líderes políticos e militares abandonem as armas e prossigam o caminho da negociação, a única que pode trazer uma paz que não seja a da morte e a da destruição”.

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

O Santo Padre se se referia aos últimos bombardeios ocorridos na cidade de Duma, que mataram recentemente pelo menos 27 pessoas, incluindo cinco crianças.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos assegurou que cerca de 11 pessoas sofreram sintomas de asfixia depois do bombardeamento aéreo.

Esta região do Ghouta Oriental é controlada pelos rebeldes, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

O avanço do Exército do Presidente sírio Bashar Al-Assad ocorreu depois da suspensão do acordo de evacuação de milicianos e seus familiares devido às diferenças entre as partes.

O regime de Bashar Al-Assad lançou um ataque em 18 de fevereiro para reconquistar a última fortaleza rebelde na periferia da capital.

A ofensiva e a conclusão de acordos de evacuação dos rebeldes e civis permitiu conquistar 95% do território de Ghouta Oriental.

Fonte: ACI Digital

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.