URGENTE: Manifestante arremessa jornal e atinge o rosto do Papa Francisco no Chile

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Um manifestante jogou um jornal no rosto de Francisco, no segundo dia da vista do papa ao Chile, em 16 de janeiro de 2017.

[Vídeo abaixo]

Leia também: [ Outra Igreja é incendiada no Chile um dia antes da visita do Papa ]

Francisco ficou surpreso com a agressão, mas continuou a acenar para os fiéis, como nada tivesse ocorrido.

Naquele mesmo dia, durante encontro com autoridades chilenas, Francisco pediu perdão pelos crimes de pedofilia cometidos pelos padres no país.

Para vítimas de padres e seus parentes e parte dos chilenos, Francisco deveria pedir menos “perdão” e agir mais.

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Leia também: [ Pastor diz que o Papa Francisco é o anticristo e que católicos vão para o inferno ]

Um dos acompanhantes do papa no Chile foi o bispo Juan Barros, que por muitos anos deu cobertura ao padre pedófilo Fernando Karadima.

Os chilenos queriam que o papa afastasse Barros de suas atividades, o que não ocorreu.

Os protestos começaram antes da chegada de Francisco.

Leia também: [ Papa Francisco e seu medo de uma guerra nuclear ]

Manifestantes jogaram bombas em pelo menos dez igrejas, fato até então inédito na América Latina.

Via Front Católico

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.