Papa Francisco aos jovens: Não enterrem seus talentos sob a terra do egoísmo

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

No início deste mês, 300 jovens da organização ‘Manos a la Obra’, de Rosário (Argentina), receberam emocionados uma carta do Papa Francisco na qual os incentivou a “lutar sempre para não enterrarem os seus talentos sob a terra do egoísmo”.

A carta do Santo Padre foi a resposta a uma carta que a ONG católica lhe enviou em setembro de 2016, na qual explicavam os projetos solidários que realizam há 8 anos e que estão ligados à profissão dos seus membros, entre eles, advogados, dentistas, médicos , engenheiros, economistas, etc.

Nas últimas obras solidárias da organização, promovidas pela Pastoral Universitária da Arquidiocese de Rosário, se inscreveram mais de 450 pessoas.

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Em sua carta, o Papa Francisco lhes agradeceu por “terem compartilhado essa iniciativa comigo, mas, sobretudo, agradeço por terem saído de vocês mesmos e irem ao encontro das pessoas mais necessitadas para servi-las com seus talentos”.

“Para servir é necessário superar a tentação da indiferença, abrindo bem nossos olhos e nossos corações para aprender a ver no outro uma pessoa com dignidade e abrindo bem as nossas mãos para aproximar-se dela com respeito e generosidade, vencendo o nosso egoísmo e o nosso medo do compromisso”, sublinhou o Pontífice.

Do mesmo modo, compartilhou com eles a ideia de como é importante “ver no outro um irmão que nos encoraja a compartilhar quem somos, entregando-nos totalmente”, e os encorajou a “seguir assim e lutarem sempre para não enterrar os seus talentos sob a terra do egoísmo, do lucro ou do sucesso profissional”.

Finalmente, assegurou suas orações por eles e pelas pessoas que ajudam, “a fim de que possam sentir em todo momento o amor do Senhor, que nos chamou a uma vida de serviço”.

“Peço-lhes também que não se esqueçam de rezar por mim. Que Jesus os abençoe e que a Santíssima Virgem cuide de vocês”, concluiu o Santo Padre.

Fonte: ACI Digital

Quer ajudar o nosso blog a continuar online? Assine Agora Mesmo!

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.