Como convencer as famílias a irem mais à Missa? Veja o que esta paróquia fez

Ideias interessantes de um pároco dos Estados Unidos

A paróquia Cristo Rei, em Chicago, registrou surpreendentes 64% de aumento na frequência de fiéis na igreja no último outono. Como?

O site Catechist’s Journey pegou as explicações do pároco, o padre Larry Sullivan, que afirmou ter abordado a questão a partir de vários ângulos e adotado as seguintes ações:

  • Enviar e-mails semanais a todos os paroquianos, para convidá-los a participar da Eucaristia;
  • Colocar um folheto explicativo na caixa de correio dos fiéis;
  • Toda semana, em uma das Missas, um fiel dava um breve testemunho sobre “O que significa Cristo Rei para mim”;
  • Missa esportiva e festa com pizza;
  • Uma das organizações patrocina a Missa Noturna do sábado e a pizza;
  • Apresentação do novo coral estudantil;
  • Toda semana, é oferecido um prêmio especial a quem fizer a melhor fotografia dos padres da Missa dominical;
  • No último domingo de outubro, se 75% de uma classe de uma determinada escola fosse à Missa, a classe receberia um prêmio e um seria reservado um tempo entre as aulas para que os alunos pudessem jogar bola com o padre Matt. Se 90% dos estudantes comparecessem, toda a sala ganharia pizza. Foi fantástico ver as crianças motivando os colegas a irem à igreja.

Várias famílias disseram que, depois de quatro ou cinco semanas indo à Missa consecutivamente, o hábito mudou de um “talvez” para uma prioridade.

Fonte: Aleteia

4 thoughts on “Como convencer as famílias a irem mais à Missa? Veja o que esta paróquia fez

  • 27/08/2021 em 21:25
    Permalink

    Have you ever considered about including a little bit
    more than just your articles? I mean, what you say is fundamental and all.
    However think about if you added some great photos or video
    clips to give your posts more, “pop”! Your content is excellent but with images and video clips, this website could undeniably be one of the greatest
    in its field. Amazing blog!

    Resposta
  • Pingback: relx

  • Pingback: nembutal alternatives

Deixe uma resposta para Troy Ortmeyer Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.